DJ “gostosona” diz que come de tudo e que seu treino é a base de agachamento e genética

Ilka Oliver esta chamando atenção das pistas brasileiras por sua beleza. “Já fui chamada de DJ Musa, DJ Sexy, enfim, diversas cantadas, das mais discretas até as mais ousadas”, conta a DJ que se prepara para ser capa da Revista Sexy do mês de agosto.

Para encarar a rotina das pistas, Ilka malha apenas 3 vezes na semana e aposta no agachamento para os resultados do seu corpo. “Sou feliz com a minha genética, ela é responsável pelo meu corpo, como de tudo, não sou rata de academia, faço minha parte e consigo meus resultados”, conta a DJ. 

Ilka Oliver já tocou nas pistas de Ibiza, Nova Iorque, Paris e Barcelona. No Brasil ela toca em São Paulo todos os finais de semana em diversas festas da capital. Nesta sexta feira santa a DJ gostosona, como já a chamaram, vai tocar na festa “Vai Ter After Depois”, ela chega nas pistas as 10 da manhã. “Lido muito bem com as cantadas, até hoje não me senti agredida, ser mulher e bonita chama atenção, ainda mais no meu caso que sou DJ, se a cantada não me falta o respeito eu até curto ouvir”, confessa. 

Diante de tanto destaque, Ilka, foi convidada pela Revista Sexy para estampar a capa do mês de agosto. “Amei o convite, vou fazer um ensaio moderno e bastante sensual, nunca antes uma DJ de verdade fez uma capa masculina, a minha vai ficar para a história”, conta a DJ sobre seu primeiro ensaio nu. 



Foto: Marco Pinto / F  Mídia Press. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *